domingo, 13 de setembro de 2009

Flordelis - Basta uma Palavra para Mudar


O longa-metragem narrado em preto e branco, conta a história verídica da difícil trajetória da missionária Flordelis, que lutou para se tornar mãe de mais de 40 crianças. No elenco, vários atores conhecidos nacionalmente, como Letícia Sabatella, Deborah Secco, Fernanda Machado, Letícia Spiller, Cauã Reymond, Fernanda Lima, Rodrigo Hilbert, Ana Furtado, Erik Marmo, Guilherme Berenguer, Pedro Neschling, Sérgio Marone, Thiago Rodrigues, Bruna Marquezine, Caroline Oliveira, Cris Vianna, Graziela Schmitt, Isabel Fillardis e Júlia Mattos.
O filme faz uma reconstituição da trajetória de Flordelis - com direito a participação dela mesma - que foi perseguida pela polícia, ajudada por Herbert de Souza (o Betinho), e que tirou um ex-gerente do tráfico de drogas do crime ajudando-o a se formar em Direito (vivido no filme pelo galã Reynaldo Gianecchini).
O drama foi rodado parte em 2008 e o restante este ano, por falta de recursos. A maioria do elenco interpreta os "filhos" de Flordelis. Alinne Moraes faz uma portadora do vírus da Aids.
A estreia está prevista para o dia 9 de outubro nos cinemas de todo o Brasil. A direção é de Marco Antonio Ferraz e Anderson Correa.
O objetivo do longa-metragem é a compra de uma casa para a Flordelis e seus filhos. Posteriormente, a verba será destinada ao Instituto Flordelis de Apoio ao Menor (IFAM) através de cursos profissionalizantes, reabilitação de crianças e jovens drogados e de menores abusados sexualmente
Atualmente, Flordelis e o esposo, pastor Anderson do Carmo, se dedicam ao Congresso Internacional de Missões (C.I.M.), que começou no início desta semana, em Niteroi (RJ). A missionária aproveitou a abertura do evento, para contar brevemente como sua história se transformou num roteiro de cinema e reforçou a importância das pessoas acreditarem nas promessas de Deus, por mais impossíveis que sejam.
"Um belo dia chegou um louco na minha casa, chamado Marco Antonio, cheio de questionamentos. Primeiro, ele disse que não acreditava que eu tinha mais de 40 filhos. Depois que viu, acreditou. O Marco também queria saber porque eu tinha ido à Xuxa e não tinha pedido dinheiro. Falei pra ele que o meu Deus supria todas as minhas necessidades. Além disso, ele não acreditava que eu, magra desse jeito, subia o morro e visitava favelas. Então, um dia, ele foi comigo, viu como era e me falou que ia transformar minha história em filme", compartilhou.
Flordelis contou que, ainda morava na favela do Jacarezinho (zona norte do Rio), quando recebeu a revelação de uma irmã, dizendo que ela romperia fronteiras e que Deus faria coisas inimagináveis em sua vida. "O Marco Antonio teve a ideia e conseguiu vários artistas para participar do filme, que de curta virou longa-metragem. Depois de pronto, ficamos com o produto guardado procurando alguém para distribuir. Foi quando entrou a Serendip que decidiu não só distribuir, mas mandar para as salas de cinema".

Sobre a Flordelis

Nascida e criada na favela do Jacarezinho, Flordelis começou em 1993 a subir os morros da cidade para aconselhar menores envolvidos com o tráfico e falar de JESUS para eles. Um ano após iniciar o trabalho, a missionária, que é evangélica, levou um susto ao ser acordada de madrugada por alguns garotos desesperados: acabara de ocorrer uma chacina na Central do Brasil e várias crianças haviam sido baleadas. Ela correu até o local e levou para casa 37 meninos e meninas de rua. Após pedir a adoção dos pequenos, Flordelis criou um instituto e passou a receber ajuda da prefeitura.
Hoje, a entidade conta com o auxílio do Instituto da Criança, que garante o aluguel da casa. O resto do dinheiro vem das palestras que Flordelis realiza contando sobre sua trajetória e da contribuição de amigos famosos, como a cantora Elba Ramalho.
A atriz e apresentadora Ana Furtado assumiu o título de madrinha da instituição com orgulho. Roupas, alimentos e muito carinho estão na lista de doações da apresentadora, que tenta também mobilizar as pessoas ao seu redor. Atualmente, ela encontra-se empenhada em um novo desafio: será uma das voluntárias da creche Só o Amor, que Flordelis abrirá até o final do ano em São Gonçalo, município do estado do Rio.
Atualmente, Flordelis tem 50 "filhos" (quatro deles biológicos) de 2 a 34 anos, sendo que 44 deles ainda morando com ela. A família vive em uma casa de nove cômodos em Niterói, alugada e mantida por doações. Apesar de poucos recursos, a ex-professora continua ajudando crianças com o instituto que leva seu nome.
Mais de 120 crianças de 0 a 5 anos receberão atendimento médico e dentário, além de educação e alimentação. Para mais informações sobre o lar Flordelis, ligue para (21) 3021-4636.

Contatos Flordelis:

Como foi citado no texto acima, a maioria dos atores/atrizes interpretam algum dos filhos da Flordelis. A Deborah faz uma pequena participação interpretando a filha de sangue mais velha dela que deixa o seu depoimento.
As gravações (com a Deborah) ocorreram no primeiro semestre deste ano.

Fonte: Larah Vampira

1 Comentário:

Tatinha ♥ MSD disse...

Débora assim como milhares de pessoas vi este lindo filme da vida real. Fiquei tocada profundamente, e penso que somos afortunados por termos um lar de verdade. Que Deus abençoe a tua vida e que você deixe que Ele a guie, tornando-a muito mais leve. Busque a Jesus, pois Ele é O caminho A verdade e A vida!Abçs e a paz!

Postar um comentário